Menu de Opções

Mendes vai ganhar o Mapa de Cultura e Turismo


cemusa_-_sec_estado-23.jpg

A Prefeitura de Mendes vai criar o Mapa de Turismo e Cultura do município. O objetivo é catalogar os pontos históricos e turísticos da cidade, que serão revitalizados para passarem a receber visitas guiadas de turistas. O projeto prevê também, o cadastramento dos fazedores locais de cultura.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (15), durante evento no Centro Municipal de Cultura Cineasta Creso Pereira, que teve a participação da secretária de estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros. Durante o evento, o prefeito Jorge Henrique anunciou a criação do Fundo Municipal de Cultura,  para receber recursos que serão investidos no setor. O Fundo já foi aprovado pela Câmara de Vereadores e será regulamentado nos próximos dias, segundo ele. Já estão garantidos R$ 280 mil de recursos que serão repassados pela Câmara este ano, após acordo do prefeito com o presidente da Casa, vereador Fernando Alves Fonseca. -Vamos estruturar e regulamentar o Fundo para que os recursos cheguem e possamos fazer uma revolução cultural em Mendes. A Cultura e o Turismo vão fomentar renda, emprego e desenvolvimento para a nossa cidade, disse o prefeito. Segundo o presidente da Câmara, os R$ 280 mil cedidos  para o Fundo seriam utilizados na construção de uma nova sede para o Legislativo. Mas preferimos investir na Cultura, que é uma vocação de Mendes. O principal caminho para o desenvolvimento da nossa cidade passa pelo Turismo e a Cultura, afirmou Fernando Fonseca.

cemusa_-_sec_estado-49.jpg

A secretária Danielle Barros elogiou a iniciativa. “O projeto dialoga com a identidade da cidade. A Cultura precisa dos artistas e o povo precisa da arte”, afirmou ela. O deputado federal Aureo Ribeiro também participou do evento e anunciou que vai trabalhar para atrair recursos federais para fomentar o Turismo e a Cultura em Mendes. -As atividade culturais tradicionais da cidade, como o chorinho, vão fazer parte do cartão postal de Mendes, afirmou o deputado. Ele disse que quer ajudar Mendes a se transformar em um modelo de desenvolvimento cultural e turístico na Região Sul Fluminense e em todo o Estado do Rio.

Após o evento, a secretária de Cultura participou de uma reunião com fazedores de cultura da cidade. Logo depois, ela visitou a Ladeira João Vieira e a Escadaria do Bela Vista, dois locais históricos que integrarão o Mapa de Turismo e Cultura.

cemusa_-_sec_estado-60.jpg

Artistas e artesões serão cadastrados

Os artesãos e fazedores de Cultura de Mendes estão sendo catalogados e passarão a fazer parte de uma cadastro. A medida faz parte do projeto Festival Cultural Mendes - Artes Integradas, que foi contemplado pelo Edital Retomada Cultural da Lei Aldir Blanc, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O projeto foi idealizado pela empresa Bebel Produções e Eventos LTDA sediada no município.

Segundo Bebel Soares, proprietária da empresa, 33 fazedores de Cultura já foram cadastrados inicialmente no projeto. -Quem estiver no cadastrado vai ter visibilidade em todo o país e possibilidade maior de obter recursos para financiar seus projetos, explica Bebel.

cemusa_-_sec_estado-63.jpg

Apresentações de chorinho e violino

O evento no Centro Municipal de Cultura Cineasta Creso Pereira teve apresentações musicais de artistas locais, que comprovam o potencial cultural de Mendes: o Dueto de Cordas, formado pelas violinistas Edilaine e Gislaine, e o grupo Passagem de Nível, responsável pelo tradicional evento Choro na Praça, realizado todos os domingos. As apresentações emocionaram os participantes. da reunião.; 

Há 30 anos morando em Mendes, o músico e arquiteto Alexandre Paiva, 64 anos, do Passagem de Nível, diz que o município tem um povo acolhedor e que valoriza a Cultura. -Tenho orgulho de ter vindo morar numa cidade que preserva a Cultura, afirmou Alexandre.

cemusa_-_sec_estado-65.jpg

As apresentações dominicais do Choro na Praça estão suspensas temporariamente por causa da pandemia. Mas o secretário municipal de Turismo e Cultura, Jackson Emerick, diz que a secretaria já está se organizando para quando o evento puder voltar a ser realizado novamente. -Mendes é a cidade do choro e do samba. Vamos valorizar este e evento e também outras atividades artísticas e culturais do município. Queremos fazer de Mendes a Capital Cultural do interior do Rio de Janeiro, disse Jackson.

Compartilhe nas Redes Sociais

(24) 2465-0661 - 2465-1678
Prefeitura Municipal de Mendes - Rua Professor Paulo Sérgio Nader Pereira 250, Centro - Mendes / RJ - CEP 26700-000 - CNPJ: 28.580.694/0001-00.
Back-end Desenvolvido por Victor S. Baldez - Front-end Desenvolvido por Diogo Henrique Luz